sábado, 5 de abril de 2014

Série Virtuosas: Ester (5/8) - A Beleza das palavras meigas

Oii gente... ontem eu vi uma frase no facebook que também acho que tem um pouco a ver com o nosso devocional de hoje: "Todas as pessoas estão enfrentando suas próprias batalhas [e dores] que você não sabe... Seja gentil, SEMPRE"!! Eu fiquei pensando sobre isso... quantas vezes somos ignorantes e grosseiros, mas Jesus nos convida a aprender com Ele, "que é manso e humilde de coração" (Mateus 11:29)!!
"Qual a tua petição rainha Ester? E se te dará. Que desejas? Cumprir-se-á..." (Ester 7:2)

O livro de Provérbios nos ensina: "A longanimidade persuade o príncipe, e a língua branda esmaga os ossos" (Pv. 25:15). Você descobrirá hoje que, quando agimos com sabedoria e paciência, a meiguice pode realizar coisas difíceis.
No sábado passado, admiramos a sabedoria de Ester ao persuadir seu poderoso marido, o rei Assuero, a anular o edito de morte contra seu povo, os judeus. Hoje, vamos apreciar o uso que Ester fez das palavras meigas, da "língua branda" para que o coração de seu marido se voltasse contra Hamã, o segundo homem mais importante do reino e instigador do plano maligno para aniquilar os judeus, e a favor do povo hebreu.
Porém, antes de tudo, é importante observar o que Ester não fez ao tomar conhecimento do plano contra seu povo. Em nenhum lugar dos dez capítulos que narram a vida de Ester, você encontrará raiva ou agitação, violência ou pânico, precipitação ou reação. Ester sabia que emoções descontroladas não lhe ajudariam a impedir a desgraça. Portanto, preferiu usar como arma as palavras meigas, gentis, persistentes e persuasivas.
Quais as características das "palavras meigas de Ester"?? E mais importante ainda, quais são as características das suas palavras, minha querida amiga??

Palavras de respeito. Quando Ester se dirigiu a seu marido, disse: "Se bem te parecer...", "Se achei favor perante o rei..." e "Farei segundo o rei me concede" (Ester 5:4,8)
Palavras de hospitalidade. A graciosa Ester fez um convite meigo ao rei: "Venha o rei... hoje banquete que eu preparei..." (Ester 5:4)
Palavras de prudência. Ao perceber que aquele momento não era adequado para seu pedido, Ester foi sábia e convidou o rei "ao banquete... que hei de preparar amanhã" (Ester 5:8)
Palavras diretas. Quando chegou o momento certo, Ester pediu corajosamente: "Se bem parecer ao rei, dê-se por petição a minha vida, pelo meu desejo, o meu povo" (Ester 7:8)
Palavras sucintas. Ester proferiu palavras de respeito, de hospitalidade, de prudência e diretas cuidadosamente escolhidas. Ela falou apenas o necessário e, é claro, com muita elegância e graça.
Que Deus nos conceda a beleza das palavras meigas [e gentis]!!!
Adaptado do devocional "Mulheres que amaram a Deus", da editora Hagnos!!

Estou com essa canção linda no coração desde ontem...
"Dá-me um coração igual ao Teu, meu mestre" 

O que acharam do devocional de hoje??
Espero que o Senhor também tenha tocado o coração de vocês...
Tenham um final de semana abençoado... Beijos;*

Comente via Facebook

Nenhum comentário :

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...